IMPRENSA / NOTÍCIAS



 Quarta-Feira, 15 de Março de 2017
Secretaria Administração
Semana Municipal do Consumidor é lançada em Colíder
Autor: Angela Fogaça
Assessoria/Lazaro Nunes

Foi realizada hoje de manhã, no Centro de Eventos de Colíder, a 1ª Semana Municipal de Defesa do Consumidor, data que marca o dia mundial do consumidor. O evento é realizado em parceria com o Procon e Associação Comercial e Empresarial de Colíder.

Foi realizada também a posse do Conselho Municipal dos Direitos do Consumidor. A assessora jurídica do Procon, Ismaili Donassan, destacou que foi lançado o termo de parceria com a Acic, para que as empresas que aderirem possam facilitar a quitação de débitos em atrasos com isenção de juros e multas. A intenção é diminuir a dívida do consumidor, tirando-o das listas negras do crédito e ao mesmo tempo fomentar o comércio nesse momento difícil da economia brasileira.

“A intenção é que os consumidores possam quitar os seus débitos, com os comércios colidenses, recebendo em torno de 50 a 100% de desconto nos juros. Nós do Procon, que somos ligados ao poder executivo municipal, juntamente com a Acic, podemos proporcionar esse momento para o consumidor”, disse ela.

O presidente da Acic, Luiz Antônio Pavoni destacou que o grande objetivo dessa parceria é fomentar a quitação dos débitos em atraso nas empresas. “A inadimplência é problema para várias empresas, nos mais diversos setores e com essa ação, esperamos baixar esse índice no município. Já temos em torno de 30 empresas adeptas que vão oferecer desconto nos juros e até renegociando as dívidas, de quem for acertar tanto na empresa quanto através do Procon”, afirmou ele.

A Acic vai começar a divulgar no site da instituição as empresas que aderiram à campanha e outras empresas que quiserem aderir também poderão vir a somar.

O secretário de Fazenda, Vanderlei Borges, esteve na abertura do evento, representando o prefeito Noboru Tomiyoshi e pontuou que a prefeitura entende que “a base da economia é o cliente, o consumidor e precisa ser respeitado nos seus direitos. O consumidor estando habilitado para comprar, estimula o comércio e para o município, que é beneficiado pela arrecadação, isso é muito importante”.

Segundo Vanderlei, para os contribuintes em débito com o município, está sendo elaborado um projeto que ainda depende da aprovação do Legislativo, para renegociação das dívidas com o fisco municipal (IPTU, INSS, alvará, contribuição de melhorias, entre outras).

 

 

 

 



Área restrita
acesse o seu webmail